Páginas

Incendeia Tua Aldeia

Incendeia Tua Aldeia no Jornal ABC -Vale dos Sinos e NH - do Grupo Sinos
Leia a matéria na íntegra AQUI

>>> Para colaborar com o projeto acesse - http://catarse.me/incendeiatuaaldeia



interDependência e arte ~

talvez por ter sido guri de apartamento e ainda trazer a lembrança de brincar sozinho por longos períodos, ao que cresci passei a formar bandos e bandas. 
Na medida em que a arte foi tomando conta da vida a importância essencial da troca e do contraste ficaram muito evidentes pra ampliar a graça e os resultados ~ por isso a tribo não para de crescer 

> nesse projeto que finalizamos agora > "Incendeia tua Aldeia" < são 13 pessoas diretamente envolvidas, 6 na criação do livro, 6 na criação do disco e 1 coordenador da rede colaborativa. 

Lilian +Raquel +Chana+ Maurício +Gustavo +Thiago +Adauany +Edo +André +Leo +Louise +Vika +Rafa + Fábio. E fico tri feliz de poder viver essa experiencia de tanta gente pegando junto com harmonia, generosidade, enorme talento e abertura. Livre das competições por editais, livre do ranço das estruturas velhas, livre de vaidades e disputas. Renovando e ampliando as possibilidades de se viver e viabilizar a arte colaborativamente. E a rede só aumenta a cada dia pois interDepende de cada 1de vcs que se decida a soprar sua faísca e participar, dar poder à arte sensível. É bom saber que mesmo em tempos genericamente decadentes seguimos indo acima das nuvens e abrindo novas frentes. 

É bom demais poder contar uns com os outros. 



meu (nosso) novo livro/disco ~

A alguns meses tenho trabalhado em conjunto com uma rede de parcerias criativas > 5 artistas visuais -todas mulheres- com a regência do maestro designer Leo Lage e parcerias musicais coordenados pelo Thiago Heinrich e pelo Edo Portugal.

Tudo isso pra dar forma pro "Incendeia tua Aldeia"> um livro de versos libertários ilustrados que terá encartado um disco com 14 canções inéditas falando sobre amores, poder, homofobia, violência doméstica, meditação. Gosto de me arriscar em temas fora do comum.

Dá até pra chamar o projeto de multimídia mas prefiro multicriativo~
Acaba de ir ao ar como plataforma colaborativa como tudo que tenho produzido nos últimos 4 anos. Porque realmente acredito na multiplicação de forças que a nossa união é capaz. Fazer acontecer sem intermediação nem filtro. Sem concessões nem expectativa do sucesso ordinário.
Sucesso pra mim é trocar faíscas e fazer a inspiração circular.

Caiu uma faísca aí no teu teclado, bóra incendiar <3 ~

                  Acesse >>>  https://www.catarse.me/incendeiatuaaldeia


para batalhas de longo prazo ~

para batalhas de longo prazo
coragem serena e presença de espírito
se possível alegria > pois desnorteia a maldade
e deixa a energia +fluida ~*~

>>> catarse.me/incendeiatuaaldeia <<<

"Incendeia tua Aldeia" se Ampliando ~

"Incendeia tua Aldeia" é o novo livro/disco ilustrado que vou lançar ~ como sempre e cada vez mais uma teia de gente amorosa querida corajosa e transbordando talento. 

Raquel Leão, Gustavo Telles, Edo Portugal, Leo Lage e 5 mulheres incríveis: Lilian, Adauani, Marília, Chana e Louise > artistas visuais que deram cor e forma pra 50 poesias +os Dragões Thiago Heinrich, Rafa Bohrer e Maurício"Fuzzo"Chaise que que aparece aí na foto soprando suas faíscas sonoras. 

Pra incendiar a pasmaceira. Pra inspirar e mudar estes ares carregados de nuvens. Pra fazer chover. Em breve o Crowdfunding pra ti poder te somar na Teia que incendeia ~bóra! 


Virada Sustentável 2018

Tocamos na Variada Sustentável - que trouxe um sopro de alegria e movimento criativo pra este porto tão pouco alegre.
Pra gente foi uma alegria duplicada > ano passado tentamos algumas formas de oferecer um show aberto na Redenção por meio de editais mas não rolaram. Mas daí se abriu a Virada com toda estrutura, divulgação e domingo no parque com a variedade de gente que só um parque e o sol podem reunir. Internamente foi nossa celebração de 20 anos como Darma Lóvers. Externamente uma festa bonita e brilhante pra animar os corações ao alcance.
E vamos adelante ~



o re nascer do Sol em mim ~

acordo e da noite emerjo
com os chifres de um Rei e a pele de um cervo
> estes de forma alguma são da tradição que busca sinais da traição
Trair neste momento seria ignorar o desafio
dar as costas ao impulso de saltar +alto
explorar a vastidão desconhecida dos desfiladeiros
sinto que é preciso ousar diferir os meios
das formas pensamento dos medos do passado
sem saltar pela metade ~ir à frente e não deixar de lado
o vento sopra forte minhas narinas quentes
quero dar a forma à toda tempestade
pra renascer no tempo com tudo que há de novo
sentir meus elementos quentes puro fogo
sou filho do Rei Sol e amo amar o gozo
incendiar meu mundo com pleno entusiasmo
feliz se por um instante infinito inspirar tuas ventas
abrir outra estação jogar longe o marasmo
usar o espelho vivo e nos re conhecer ~


barco corpo ~

esse corpo
esse barco sem porto onde pare
desasossego placidez desafio sem final
puro disparo
sinapses orgasmos êxtases
com templo amoral espelho da mente
qual a estação do dia? > lua maré lucidez água fria
arrepio cansaço peso vivo alforria
tua língua mágica descobrindo meu céu
explosão de estrelas e brinquedos pela casa
simples sol fresta bóia janela
poeira que dança sem chão
e dançar é ser vivo
a poeira mais viva que muitos que bastam
a rotina a pré visão do tempo do dia da noite do encontro
isso que nos mata aos poucos sem descanso
o mover desprever arriscar ter meu corpo
colado no teu e ver no que dá
descobrir desnudar despudorar os encontros
corpo base disparo deslumbre confronto
corpo dor corpo faca penumbra teu gosto
corpo marca que fica perdida no espaço
cor da luz que vibrou quando achei o ponto
sincronizados
explodimos
num sopro só >

planos fluidos ~~

é bem possível realizar teus planos
sem se prender a uma única forma
porque o cenário muda pra quem se mantém fluido
se permitindo ser do tamanho do seu mundo
simplicidade e leveza curam
o que ficou denso sério e tenso ~~

cora gem ~

é madrugada e ando um tempo até achar taxi encontro um cara jovem com desânimo calado cansado puxo algum assunto pra ver se mudamos de estação ele conta que dirige a 8 anos e tá brabo o negócio > perdeu perto de 60% do que era seu ganho regular e só piora vamos conversando e pergunta o que faço Digo que sou músico e ele acorda > fala entusiasmado do Clube do Choro que não perde e de que ama é tocar cavaquinho, sabe ler partitura vou chegando em casa mas dá tempo de dizer que ele é tão músico quanto eu e que precisa ir ~aos poucos~fazendo a transição pra assumir o que ama Saio e já é outro carro. Um baita sorriso de alegria certamente vindo de uma faísca de confiança que andava esquecida Que a fogueira suba <3 ~

Fogueira de Natal

 Há um tempo fui ao Rio  convidado pelo Dado pra compormos juntos um trabalho novo. Ele ainda não tinha claro sobre o que gostaria de cantar mas nas primeiras conversas ficou evidente que precisava resgatar e fechar um ciclo tbm em relação a Legião. Entre várias histórias que contou essa do Renato ~ que quando teve negado seu pedido de um violão pra animar a festa da melancólica ala dos dependentes ~ literalmente tacou fogo no prédio. O natal foi fogo...
No que me mostrou essa primeira melodia a letra saltou junto. É assim quando a sintonia é boa. Depois dessa fizemos mais 7 em 3 dias. Fora uma que era instrumental todas estão no Exit, seu disco novo.





FOGUEIRA DE NATAL 
(Dado Villa-Lobos | Nenung)

Revoada que desfia pelo ar
Toda a noite amanheceu no teu olhar
Já mudamos o destino pode crer
O impossível é flexível sempre foi

O Natal foi fogo
O fogo eu que comecei
Quem sabe o ano novo
Me devolva o que eu sonhei

Fomos tribo pela selva atrás de amor
A aventura de viver sem calcular
Nos perdemos cada um achando o seu
Trilho novo pra se achar...

O fogo eu que comecei
Quem sabe o ano novo
Me devolva o que eu sonhei

O fogo eu que comecei
Quem sabe o ano novo
Me devolva o que eu queimei

A fogueira e nós saltando ao redor
Que a tristeza vire cinza e calor
Revoada que desfia pelo ar
Toda a noite amanheceu...



Despermanências ~

das pessoas que conheço
nenhuma pode dizer que vai chegar na velhice
nem mesmo no dia seguinte
e saber disso é bem importante pra o dar valor merecido
a cada passo
a cada palavra
a cada gesto
a cada olhar compartido ~

DesCabido

Descaibo em mim
(já faz tempo)
Daí que amo compartir meus tais desCabimentos
Hoje fico é bem contente
se posso sublinhar
que daqui prafrente
só mesmo me desCabe

é o imPossível
 > link para compra/envio do "Descabimentos" aqui na aba ao lado ;)


Flores no Zumbi

Flores no Zumbi é uma zoação sobre o tipo de babaca machista e esquizofrênico que vem ganhando manchetes e filiados abobados pelo braziw adentro. Essa piada ruim que torcemos muito pra que acabe logo. Aos caretas de plantão, nosso cuspe e nossas guitarras.


 



Mire na homofobia
Mire em quem ama o ódio

Mire no canalha que ilude
Manipula a fé do povo